Exótico Pet - Animais Exóticos | O site dos Pet Hobbystas!

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

TENEBRIO MOLITOR


tenebrios
As larvas do besouro tenebrio molitor são muito apreciadas por diversas espécies de animais criados em cativeiro, embora não devam ser a principal da alimentação pois possuem uma alta taxa de gordura, podem ser oferecidos como petisco ou reforço alimentar em época de reprodução. Alguns criadores recomendam romper a casca da larva antes de oferecer ao animal já que muitos não mastigam suas presas, isso facilitaria a digestão ja que o exoesqueleto da larva é muito resistente e alguns animais não conseguem digeri-los

Algumas características que os tornam um dos mais usados alimentos vivos são: Os tenebrios molitor não voam nem pulam como grilos, não escalam plástico ou vidro como as baratas, não fazem barulho, não exalam odor, não tem ferrão, não mordem, e pelo que se sabem não são transmissores de quaisquer tipo de doença. Em sua fase adulta (besouro) os tenebrios atingem tamanho de aproximado de 2cm.

Composição nutricional das Larvas de Tenebrio Molitor Segundo a Dra. Nancy Nehring.
tenebrios Revista Reptiles Magazine (July 1996).

Umidade                    57%
Proteína                     24%
Carboidratos               2,8%
Fibra                          2,3%
Cálcio                        0,02%
Indeterminados           13,88%


tenebrios A CRIAÇÃO do Tenebrio Molitor é uma das mais simples e populares entre os alimentos vivos abaixo estão as informações que você precisa para iniciar sua criação.

A CAIXA de criação pode ser feita de madeira, plástico ou vidro contanto que seu interior seja escuro. A tampa deve ter uma parte de tela para ventilação. As medidas dependem da quantidade de larvas que você quer criar. Recomendamos manter duas caixas, uma para desenvolvimento e outra para a postura dos coleópteros cada um pode dar origem de 500 a 1000 larvas. Coleópteros são os besouros adultos.

O SUBSTRATO ou cama deve ser formado de cereais e seus derivados com alto teor de carboidratos e com pouco teor de proteína, alguns exemplos são: farelo de trigo, farelo de aveia, farelo de soja. Você também pode colocar um pouco de cálcio em pó, embora eu prefira empanar os tenebrios no cálcio antes de servir. Não existe uma mistura exata, cada criador prepara o substrato com os nutrientes que deseja para seus animais. Acima do substrato deve ser colocado uma fonte de umidade para os tenebrios que pode ser um pedaço de fruta, não muito ácida, ou verduras e legumes como chuchu e cenoura. Essa fonte de umidade deve ser trocada a cada dois dias para evitar a contaminação decorrente do apodrecimento e fungos. Alguns criadores recomendam utilizar uma batata pequena e inteira no lugar da fruta, os tenebrios irão furar a casca e comer o interior, aparentemente as batatas duram mais tempo no interior da caixa, facilitando o manejo.

tenebrios

A ALIMENTAÇÃO: os tenebrios irão alimentar-se do substrato por isso fique de olho para manter a qualidade do substrato, se perceber fungos ou parasitas ou se o substrato estiver molhado por qualquer motivo, retire alguns tenebrios e comece uma nova colônia e jogue todo o substrato comprometido fora.

OS CUIDADOS com os tenebrios são simples, mantenha-os em um ambiente seco, escuro e quente. Não é recomendado manter a caixa de tenebrios em locais com mais de 75% de umidade relativa no ar. Os tenebrios são muito apreciados por lagartixas e formigas que podem facilmente acabar com a criação, por isso tome precauções para evita-los.
Também deve-se monitorar o aparecimento de parasitas como aranhas, outros besouros e mariposas. Como prevenção podemos esterilizar o substrato aquecendo-o a uma temperatura de 90°c por uns 10 minutos antes de utiliza-lo na caixa.

DICA: Os tenebrios gostam de calor para se desenvolver mais rápido, entre 26°c e 32°c. Mas você pode precisar desacelerar o crescimento deles, isso pode ser feito diminuindo a temperatura gradativamente até uns 15°c.

tenebrios

REPRODUÇÃO, com a caixa de postura pronta faça dois buracos no substrato em lados opostos e coloque as larvas que você adquiriu nesses buracos. Sobre uma área de +ou- 50% coloque cerca de 4 camadas de toalha de papel, alguns criadores usam um pedaço de pano dobrado, isso serve para como refugio das larvas que estão iniciando a metamorfose (Pupa). Das pupas sairão os besouros que irão copular e as fêmeas farão uma postura de 500 a 1000 ovos e morrerão em seguida. A eclosão dos ovos ocorre entre 10 a 15 dias nesse momento a caixa se torna de desenvolvimento, apos alguns dias surgiram peles de larvas sobre o substrato, sinal que as larvas estão crescendo. Os tenebrios continuarão se reproduzindo naturalmente. Após uns 6-7 meses o substrato já foi consumido e transformado em um pó muito fino, sinal que é hora de trocar a cama. Para fazer a troca prepare a segunda caixa da mesma maneira que foi feito com a primeira. Colete um volume de cerca de um litro do substrato da caixa velha junto com algumas larvas, besouros e ovos, e coloque na caixa nova. A caixa nova está pronta. Agora vamos peneirar o substrato da caixa velha para recolher as larvas maiores para a alimentação do seu animal. Esse substrato velho ainda deve estar repleto de ovos e larvas minúsculas, então você pode deixar esse resíduo em quarentena e depois peneirar novamente, e ai sim descartar esse resíduo que pode ser usado como adubo para plantas.

 
Banner
Banner